A liberdade de trabajar con Profoto, por Alba Soler

SISTEMA PROFOTO OFF-CAMERA FLASH

Ao longo de nossas carreiras como fotógrafos nós vamos dominando gradualmente os desafios que atravesamos no caminho. O primeiro, a manipulação da câmera, que ao longo do tempo se tornará algo que fazemos sem pensar. Depois, perdemos o medo de nos enfrentar a um modelo porque finalmente conseguimos que faza e expresse o que queremos. Mais adiante, aprendemos todos aqueles pequenos truques que nos ajudam na edição, sobre como remover a cena tudo o que é irritante e distrai a vista antes de começar a disparar: verifiquar se existem pêlos na cara de nosso modelo que tanto custa de retirar, sobre todo cuando atraviesan un ojo. Uma vez que supera estas e muitas outras coisas, o próximo passo para o controle total é poder agir quando e onde quisermos, e isto é possível a partir do momento em que colocamos a iluminação artificial ao nosso serviço. Quando você pode dizer "Quero fotografar aqui e agora" é quando você percebe que ja nada impede que seja você quem tem o controle.

“Eu estava acostumada a trabalhar com luz natural, e pensava que usando flash iria estragar a magia das minhas fotos, até que eu descobri Profoto. Estes flashes têm a capacidade de iluminar qualquer cena sem parecer que você está usando-os."

Alba Soler

"Ter a liberdade de se deixar levar pela minha imaginação e inspiração que provoca-me a cena ou o modelo sem ser interrompido, é para mim, o mais importante"

Alba Soler

"Desde que comecei a trabalhar com Profoto posso dizer : 'Quero disparar aqui e agora'. Que seja portátil, leve, e que tenha TTL permite que eu deixe minha imaginação ir."

Alba Soler
Sin embargo, para que isto seja realmente assim, é necessário que as ferramentas de que dispomos para iluminar sejam uma ajuda e não uma distração, e desde minha própria experiência, consegui apenas com Profoto, especialmente com os B1 e da mesma forma muito recentemente com os B2. A primeira vantagem que tem trabalhar com este material é sua portabilidade, ser capaz de montar um estudo onde formos sem que se torne numa odisséia. A segunda é sua leveza. Quando estou focada numa sessão muitas vezes perco a noção de espaço e tropeço com tudo ao não olhar para onde piso mas para a modelo, é geralmente com flash, uma vez que é algo que está na própria cena, mas quando isso acontece, consigo mexer tudo com uma mão sem ter quedeixar a câmera sem perder a concentração no que estava fazendo. Além disso se o TTL é habilitado, a iluminação da cena não será afectada ao mudar a distância do flash e eu poderei continuar a trabalhar como se nada tivesse acontecido..
E, finalmente,, como disse anteriormente, a simplicidade da sua gestão permite que você se concentre toda sua atenção na imagem que está criando e não no funcionamento da ferramenta. Ter a liberdade de me deixar levar pela minha imaginação e a inspiração que provoca-me a cena ou o a modelo sem ser interrompida, é para mim, o mais importante.
Descobra a Alba Soler